domingo, 31 de janeiro de 2016

General Francisco Maria da Cunha nasceu na ilha Terceira Açores

O General Francisco Maria da Cunha, que foi o primeiro ajudante de campo e chefe da casa militar de El-Rei D. Carlos I, nasceu na ilha Terceira no dia 22 de Dezembro
de 1832, em meio desse período agitadíssimo na nação, em que os liberais triunfam sobre o absolutismo agonizante, cujos golpes mortais se talharam nas praias e nas rochas da Terceira que lhe embalará o berço.

Foi, o general Cunha, do conselho de Sua Majestade Fidelíssima, grã-cruz e comendador da ordem de São Bento de Aviz, comendador das ordens da Torre e Espada e Nosso Senhor Jesus Cristo, grã-cruz e comendador das ordens de Isabel a católica e do Mérito Militar de Espanha, cavaleiro da ordem de Carlos III, também de Espanha, grã-cruz e comendador da ordem da Estrela Brilhante, condecorado com as medalhas de ouro do comportamento exemplar e de serviços no Ultramar, com a de prata de bons serviços e com a de cobre para galardoar os serviços prestados pelos sócios da associação de socorros a náufragos; general da divisão dos quadros de reserva; 1.º Ajudante de campo e chefe da casa militar de El-Rei D. Carlos I; par do reino, ministro de estado honorário, etc.
É filho de general Francisco Jaques da Cunha e D. Maria Cândida de França e Horta.

O general Francisco Maria da Cunha exerceu em Portugal os mais elevados cargos que podia aspirar a sua capacidade intelectual e moral, e tão recentemente que todos dele conservam recordação.

Sem comentários:

Enviar um comentário